EDUCAÇÃO PÚBLICA

1. Propor à cidade de Itupeva um Pacto Municipal pelo Direito à Educação, que seja pública, de qualidade e para todos e que transforme nosso município na Cidade Brasileira da Educação;

2. Instituir a Política Municipal de Educação Integral, em parceria com a UNESCO, objetivando o Desenvolvimento Humano Integral de cada estudante da rede pública em sua jornada escolar, bem como de todos os agentes envolvidos no processo de ensino-aprendizagem com ênfase nas habilidades sócio emocionais;

3. Contratar novos professores e aumentar a remuneração dos profissionais da educação. Valorizar o Magistério, construindo no nível municipal, o mais forte, justo e atraente Plano de Carreiras, Cargos e Salário, bem como para os demais Profissionais da Educação, visando reconhecer a importância estratégica de todos para o futuro da cidade, visando recuperar o prestígio social dos professores no município de Itupeva;

4. Proceder a Municipalização em parte do Ensino Médio, com o pagamento de complementação salarial aos professores estaduais municipalizados resultando em aumento de remuneração aos professores;

5. Criar o Projeto Creche 100%, zerando as filas por vagas nas creches, proporcionando vagas para todas as crianças da cidade de Itupeva que necessitarem da creche pública;

6. Instituir o projeto de Primeira Infância, viabilizando o contato das crianças com a natureza bem como implantando as brincadeiras lúdicas e direcionadas, seguindo as orientações dos melhores e mais avançados estudos nesta área específica da primeira infância;

6.1   Com esse projeto --- Primeira Infância --- são trabalhadas as forças de crescimento e vitalidade necessárias para o desenvolvimento das crianças como seres humanos completos. A criança pequena aprende inconscientemente por repetição através do fazer e não do falar. Por isso a importância deste projeto diferencial que é guiar com profissionalismo e capacitação a criança dentro desse processo de transformação e desenvolvimento pessoal. Nos espaços verdes as crianças desenvolvem a habilidade de ler a paisagem e o equilíbrio e a coordenação. Essa bagagem será formadora de cidadãos mais preparados e adaptados.  Todos os países desenvolvidos que aplicaram esse conceito, colheram frutos de desenvolvimento e evolução social, portanto é isso que queremos para Itupeva;

7. Fiscalizar e controlar a qualidade do ensino municipal seguindo os padrões nacionais e internacionais;

8.  Implantar e desenvolver o estudo profissionalizante, criando parcerias com empresas e com o Sistema “S” em especial o SESI e o SENAC, além de estreitar parcerias com os governos estadual e federal;

9. Criar o Programa Municipal de Financiamento Estudantil para a concessão de Bolsas de Estudo, dando mais equidade e transparência ao modelo;

10. Criar no Centro de Capacitação dos Profissionais da Educação um Departamento de Pesquisa e Inovações Educacionais para implementação e disseminação do uso de Recursos Educacionais Abertos (REAs), Software Livre e Dados Abertos;

11. Celebrar convênio institucional com entidade de Ensino Superior de renome, conceituada e séria, para elevar o padrão de formação de todos os professores da rede ao Grau de Mestrado;

12. Formalizar Termo de Cooperação Técnica Internacional com Unicef e Unesco para intercâmbio de experiências e capacitações de professores em Educação Integral;

13. Ampliar de acordo com as demandas das Comunidades de Aprendizagem oportunidades de cursos extra curriculares que possam ser aproveitados tanto pelos estudantes quanto pelos familiares (exemplo: hortas orgânicas escolares comunitárias e xadrez nas escolas);

14 .Instituir a Política Municipal de Cultura de Paz, visando o aprimoramento das relações humanas, para todos os segmentos da sociedade, em parcerias com a UNESCO, Secretaria Municipal de Cultura, Secretaria Municipal de Segurança Pública, Secretaria Municipal de Saúde, Secretaria Municipal do Meio-Ambiente, Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, Secretaria Municipal do Desenvolvimento Social além dos Poderes Judiciário e Legislativo locais;

15.  Fortalecer o Programa Municipal de Educação Especial e Inclusiva, em parcerias com outras Secretarias Municipais, capacitando equipes multidisciplinares, nas metodologias e abordagens mais modernas, a fim de que nenhum estudante seja deixado para trás;

16. Ampliar a atuação dos professores especialistas de Educação Física, Artes (teatro) e Música (canto e coral) desde a Educação Infantil;

17. Equipar as escolas municipais com Recursos Multifuncionais a fim de criar melhores condições para a efetividade da Educação Especial e Inclusiva;

18. Atuar no sentido de conhecer e viabilizar a participação dos profissionais municipais da educação em todas as Olimpíadas e nos prêmios do setor educativo regional e nacional;

19. Criar o Programa Municipal de Educação contra as drogas, para atuação preventiva contra este desafio;

20. Fortalecer o Programa Municipal de Apoio à Aprendizagem, para os estudantes que apresentarem desempenho insatisfatório, fixando a meta de não deixar nenhuma criança para trás;

21. Ampliar os projetos, ações e programas no segmento da Educação de Jovens e Adultos (EJA), garantindo oportunidades de aprendizagem para todos;

22. Investir mais recursos nos Jogos Escolares Municipais, buscando a descoberta de novos talentos;

23. Criar o Programa Municipal de Educação Musical, em parceria com a Fundação das Artes, baseado em reconhecidas metodologias consagradas internacionalmente;

24. Promover o Festival Municipal de Bandas e Fanfarras;

25. Criar o Programa Letras Comunitárias, objetivando transformar os muros pichados e espaços públicos vandalizados da cidade numa Galeria de Artes Educativas à céu aberto;

26. Criar o Programa denominado Série Diálogos que consiste em encontros com Grandes Educadores para troca de experiências com os profissionais de educação da cidade;

27. Aumentar o número de escolas municipais que trabalham em jornada estendida, migrando os segmentos do Ensino Fundamental para tempo integral, com condições de trabalho e estruturas prediais adequadas;

28. Implantar o Programa Municipal de Alimentação Escolar, enfatizando a alimentação saudável, os produtos provenientes de agricultura orgânica de pequenos produtores familiares e as necessidades alimentares especiais de cada estudante da rede;

29. Fortalecer e ampliar a atuação dos membros do Conselho Municipal de Alimentação Escolar, com visitas às Unidades para fiscalização do programa e orientação de procedimentos;

30. Reequipar todas as Unidades Escolares com recursos, materiais, equipamentos, mobiliários escolares, brinquedos educativos, playgrounds e insumos educacionais, incluindo Laboratórios de Ciências e Salas de Artes pelas atas do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE);

31. Reformar os Parques e Playgrounds de todas as Escolas Municipais, mediante diagnóstico democrático e participativo, levando-se em consideração os critérios técnicos de acessibilidade e sustentabilidade;

32. Propor legislação que incentive e fortaleça a presença dos pais e familiares na escola, no acompanhamento da vida estudantil dos filhos e nas reuniões do Conselho Escolar;

33. Adotar o Programa de Integração Escola-Família-Comunidade, com metas de participação dos pais na vida escolar dos filhos estudantes;

Cleber Silva voto faxina 23

COMPROMISSO COM O POVO DE ITUPEVA

PLACA FAXINA.png
49b124b8-30d8-4b3f-8f1d-9c52eae30dab.jpg